Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2014

Porto de Santos destaca recordes e modernizações feitas em 2014 Escrito por Redação Portogente

Quarta, 31 Dezembro 2014 00:01
Porto de Santos destaca recordes e modernizações feitas em 2014Escrito por  







A movimentação de cargas pelo Porto de Santos em 2014 superou importantes marcas históricas, com especial destaque para os recordes na movimentação de contêineres, que deverá atingir um crescimento em torno de 8,0%, e do complexo soja que tem previsão de aumento próximo a 2,6%. O diretor presidente da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), Angelino Caputo, destaca que três recordes mensais foram atingidos em fevereiro (7,7 milhões t), março (10,4 milhões t) e junho (9,8 milhões t) e a expectativa é que Santos responda por 25,6% da movimentação da Balança Comercial Brasileira. Os embarques do complexo soja, até novembro, acumulavam 16,2 milhões t, patamar 2,8% superior ao recorde obtido no mesmo período do ano passado. Caputo ressalta que os terminais de contêineres do Porto de Santos apresentaram desempenho superior ao dos principais complexos portuár…

Cemitério logístico” trava os investimentos nas ferrovias

FERROVIASNotícia da edição impressa de 31/12/2014 “Cemitério logístico” trava os investimentos nas ferroviasWILSON DIAS/ABR/JC Investimentos e projetos para o setor ferroviário, anunciados pela presidente, continuam no papel O governo anunciou recentemente planos de construir 11 mil quilômetros de ferrovias e erguer mais de 800 aeroportos regionais, mas há anos não consegue executar uma tarefa básica: limpar os trilhos e os aeroportos que já existem. Em dezenas de pátios logísticos espalhados pelo País afora, milhares de vagões e locomotivas ainda enferrujam a céu aberto, transformados em abrigo para usuários de drogas e entrave na operação diária de concessionárias que assumiram a malha ferroviária nacional, privatizada na década de 1990.
Nos aeroportos, onde o pouco espaço disponível é disputado a tapa pelas companhias aéreas, dezenas de aviões e carcaças abandonadas ainda são um estorvo sem data para acabar. Resultado da burocracia jurídica e da dificuldade do governo em concluir p…

Comércio exterior: é hora de reagir

Comércio exterior: é hora de reagir31.12.2014 SÃO PAULO - Se preciso é esgrimir números para mostrar o desastre que foi a política de comércio exterior do governo que se encerrou em 2014, aqui vão alguns dados da Organização Mundial de Comércio (OMC), entidade que tem sede em Genebra e hoje é comandada pelo diplomata brasileiro Roberto Azevêdo: em 2011, o Brasil alcançou seu melhor desempenho em meio século, obtendo 1,41% das exportações mundiais, mas, desde então, só desceu a ladeira -  1,33% em 2012, 1,32% em 2013 e 1,22% em 2014. Com isso, retornou ao patamar de 2008. Milton Lourenço (*)
Obviamente, muitos fatores explicam essa derrocada, desde entraves e obstáculos colocados por uma infraestrutura logística interna deficiente e arcaica, até uma persistente burocracia promovida pela atuação de 17 órgãos governamentais no desempenho do comércio exterior. Sem contar que, basicamente, foram fatores externos que impulsionaram o resultado obtido em 2011, como a explosiva elevação das cot…

Transporte apresenta balanço de obras em infraestrutura e logística

Quarta, 31 Dezembro 2014 00:01
Transporte apresenta balanço de obras em infraestrutura e logística
Escrito por  






O Ministério dos Transportes divulgou na última sexta-feira (26) o balanço de 2014, no qual mostra os principais resultados de investimentos púbicos e privados feitos em rodovias, ferrovias, hidrovias, além do desempenho do Fundo de Marinha Mercante (FMM) e demais ações da Pasta e das instituições vinculadas. Com relação ao transporte rodoviário, o governo diz que estão sendo investidos recursos na ampliação da malha rodoviária, objetivando o escoamento daprodução nacional, a ampliação da fronteira agrícola e a segurança no transporte de bens e passageiros, por meio das ações do Programa de Aceleração do Crescimento – PAC. Em 2014, 516 km de rodovias federais foram construídos, duplicados ou pavimentados. Desde 2011, foram construídos um total de 1.749 km de estradas, além da pavimentação de 597km e a adequação de mais outros 435 km de reodovias. Malha ferro…

Indústria registra número assustador de fechamento de vagas

Economia› Desastre HistóricoSão José do Rio Preto, 30 de Dezembro, 2014 - 1:49Indústria registra número assustador de fechamento de vagasMarcelo Moreira

Guilherme BaffiDiretor do Ciesp, Luiz Fernando LucasSem investimentos e sem contratações. A indústria paulista entrará em 2015 com o freio total e com poucas perspectivas de melhora nos índices de produção e produtividade no primeiro semestre. O maior sinal do desastre de 2014 foram as 130 mil demissões que o setor registrou, um dos piores resultados do setor em sua história - foram mais de 8 mil na região, 1.450 apenas no último mês de novembro.

"O cenário de incerteza é claro, em todos os sentidos, mas o que preocupa mesmo é a sensação de insegurança que vem junto com a incerteza. Como investir e tocar projetos em um cenário macroeconômico preocupante, sendo que os prognósticos de recuperação são sombrios?", diz Luiz Fernando Lucas, diretor regional do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp), em entrevista ao Di…