Pular para o conteúdo principal

Trabalho Referente a SHELL





Modelo de Gestão

Gestão do Conhecimento a seus fornecedores

Busca contribuir para o suprimento da crescente demanda energética global, respeitando as pessoas e o meio ambiente.

A preocupação em aliar desenvolvimento econômico ao respeito pelo meio ambiente e pelas pessoas faz com que a Empresa avance naturalmente,

Conquistando mais consumidores e consolidando sua posição no mercado.

Consciente do seu papel na construção de um futuro sustentável, a busca na inovação tecnológica as respostas para superar os desafios impostos pelo novo contexto climático global.

A rede global de Shell Trading engloba as atividades de comercialização nos principais mercados de energia do mundo. Também gerimos uma das maiores frotas de navios de gás natural liquefeito (GNL) e petroleiros.

A cada dia, a Shell retira três milhões de barris de petróleo de campos espalhados por cinco continentes. O número dimensiona a potência de uma companhia que já completou 91 anos e foi a pioneira a produzir óleo no Brasil. Com um faturamento mundial de US$ 120 bilhões, a empresa disputa a vice-liderança, barril a barril, com a British Petroleum no ranking das petrolíferas. Ela é considerada, junto com a Petrobrás, uma das detentoras de tecnologia mais avançada na exploração de petróleo em águas profundas.
Atuação no Mercado

No Brasil, a Shell está preocupada com a adulteração de combustíveis. E a empresa tem olhado para isso com atenção, investido continuamente em qualidade e em cobrar providências das autoridades. Apesar disso, espera faturar R$ 12 bilhões até o fim deste ano e fazer com que esse número cresça R$ 1 bilhão em 2005, um crescimento de aproximadamente 8%. Dona de 15% do mercado, a Shell é a terceira no ranking nacional, atrás da Petrobrás/BR e Cia. Ipiranga.

Refino, Suprimento e Distribuição de petróleo bruto em vários produtos derivados (refinados) uso doméstico, industrial e de transportes combustíveis, lubrificantes e betume (asfalto). Lubrificantes, Energias Alternativas e CO2. A área de Químicos tem unidades próprias de fabricação. A área de Marketing inclui Varejo, Business to Business (B2B), Organização de CO2 é responsável pela coordenação das atividades de gestão de emissões de carbono pela empresa.

A organização de Downstream é composta por diverso negócio. Juntos, eles transformam o petróleo bruto em vários produtos derivados (refinados), que são transportados e comercializados pelo mundo para uso doméstico, industrial e de transportes. Estes incluem combustíveis, lubrificantes e betume (asfalto).

Existemunidades de fabricação incluem o Refino, Suprimento e Distribuição. A área de Marketing inclui Varejo, Business to Business (B2B), Lubrificantes, Energias Alternativas e CO2. A área de Químicos tem unidades próprias de fabricação marketing. Também comercializamos (trading) petróleo bruto, produtos derivados e petroquímicos, primeiramente, para aperfeiçoar as fontes para nosso negócio de manufatura, suprimento e marketing. Nossa organização de CO2 é responsável pela coordenação das atividades de gestão de emissões de carbono pela empresa.
Publico Alvo

A Shell fornece produtos e serviços para cerca de 600 clientes no setor de transporte (30% do mercado) e 2,3 mil clientes no segmento da indústria, 20% da demanda nacional. São, aproximadamente, 2,7 mil postos de serviços, no Brasil.

No setor de Aviação, a empresa atua em 58 aeroportos, com um volume anual de cerca de 450 mil aeronaves, divididas em empresas aéreas e aviação executiva — aeronaves de pequeno e médio porte, táxis aéreos e pilotos/empresas privadas.

Atende clientes industriais na área de geração de energia e tem participação na Companhia de Gás de São Paulo (Comgás), no Gasoduto Brasil-Bolívia e na Termelétrica de Cuiabá.

As companhias do grupo atuam em 145 países e empregam mais de 115 mil pessoas, com um faturamento superior a US$ 177,28 bilhões anuais.

A Shell, com mais de 107 anos de existência – e 90 no Brasil são uma das maiores companhias de petróleo do mundo.

Atende clientes industriais na área de geração de energia, setor de Aviação, e tem participação na Companhia de Gás de São Paulo (Comgás), no Gasoduto Brasil-Bolívia e na Termelétrica de Cuiabá. Frotas de navios de gás natural liquefeito (GNL) e petroleiros.

Produtos e Serviços

Shell Evolux Arla 32

EsportesMotorizados

Shell V-Power /Shell V-Power Ethanol /Shell Evolux Diesel

DNA da Shell Lubrificantes

Postos Shell Combustíveis

Atuação Logística

Aquisições e Contratação tecnologias diferenciadas com informação técnica para pesquisa; Viabilidade de fontes na exploração e produção petróleo, gás e energias renováveis; E gerenciamento de Projetos & Tecnologia para criar soluções tecnológicas do futuro. Ampla variedade de produtos e serviços de qualidade;

Nossa organização de Downstream é composta por diversos negócios. Juntos, eles transformam o petróleo bruto em vários produtos derivados (refinados), que são transportados e comercializados pelo mundo para uso doméstico, industrial e de transportes.A Shell está procurando sempre conduzir os negócios como membros empresariais responsáveis da sociedade, observando as leis dos países em que operam, expressando apoio aos direitos humanos fundamentais – tanto dos empregados quanto da sociedade – em linha com o exercício legítimo da atividade e dando atenção apropriada à saúde, à segurança e ao meio ambiente, com o compromisso de contribuir para o desenvolvimento sustentável.

Com progresso social e material dos países em que atuam, procurando contribuir para programas comunitários, educacionais ou de doações. As companhias Shell apoiam a livre concorrência, dentro da estrutura das leis de concorrência aplicáveis.

Cadeia de Suprimentos

Distribuidoras de combustíveis, além de produzir e comercializar lubrificantes e produtos químicos, e com a criação de uma nova solução logística desta forma, a empresa renovou a sua frota com veículos de maior capacidade de carga.. A atuação no País também inclui as áreas de exploração e produção, gás e energias renováveis. A área do Varejo, gerenciada pela Raízen, tem cerca de 2.700 postos;negócio de energia sustentável, que é a Shell Solar, um negócio pequeno com programas de governo para comunidades mais afastadas ou telecomunicações, também sem infraestrutura, é novas áreas nas quais temos presença marcada.

Na área tradicional, a distribuição, reduzimos a participação de forma gradativa ao longo dos três últimos anos em função do mercado muito com muitas irregularidades. Aperfeiçoar o transporte, diminuindo o número de veículos em circulação e aumentando a capacidade de armazenamento de combustívelbuscando ganhar eficiência na distribuição de combustível, a Shell readequou suas operações. Dessa forma,os caminhões para aumentar a capacidade de carga líquida e ao mesmo tempo reduzir a quantidade de equipamentos, a solução para a Shell foi inserir um eixo a mais no veículo; no lugar dos três eixos do cavalo mecânico foram colocados quatro, sendo dois deles direcionais. reduz o número de viagens até a base para carregamento, diminui a poluição e o impacto. O ganho de tempo em comparação ao carro antigo será de 31,25% e a redução de quilometragem rodada será de 16,66%. 

Responsabilidade Socioambiental

São os valores escritos de como a Shell age no Brasil, e a maneira que almeja ser a atuação dos seus funcionários também. Por fim, temos algumas visitas a instalações físicas como, por exemplo, Atenção apropriada à saúde, à segurança e ao meio ambiente, com o compromisso de contribuir para o desenvolvimento sustentável. Combate às emissões de gases de efeito estufa; Programas comunitários, educacionais ou de doações; Segurança & Meio Ambiente, 

Considerações Finais

A preocupação em aliar desenvolvimento econômico ao respeito pelo meio ambiente e pelas pessoas faz com que a Empresa avance naturalmente, conquistando mais consumidores e consolidando sua posição no mercado. Consciente do seu papel na construção de um futuro sustentável, a Shell busca na inovação tecnológica as respostas para superar os desafios impostos pelo novo contexto climático global. 

Referencias Bibliográficas




Observção: Todas as informações foram retiradas do site da SHELL

Postagens mais visitadas deste blog

Objetivos da Logística

Logística tem por objetivo planejar, colocar em operação e controlar as atividades de logística de uma empresa, utilizando as metodologias e tecnologias atualizadas de gestão e identificando oportunidades de redução de custos, aumento da qualidade dos serviços em geral e aumento da qualidade de cumprimento do prazo. O profissional sairá preparado para aperfeiçoar os processos de aquisição, armazenamento e distribuição de materiais dentro do conceito de cadeia de suprimento (supply-chain), bem como para analisar aspectos de dimensão e localização de Centros de Distribuição, visando à minimização de custos operacionais e tributários, sem perda na qualidade dos serviços, e possibilitando vantagens competitivas para a empresa.




No Brasil, o Decreto-Lei 1.598/77, em seu artigo 14 determina que: o contribuinte que mantiver sistema de contabilidade de custo integrado e coordenado com o restante da escrituração poderá utilizar os custos apurados para avaliação dos estoques de produtos, principa…

Gargalos Logísticos

O sentido no qual o termo "gargalo" está sendo empregado é de representar os fatores que configuram um estrangulamento, um impedimento à expansão ou desenvolvimento de alguma atividade econômica.

Os "gargalos" são todos os pontos dentro de um sistema industrial que limitam a capacidade final de produção. E por capacidade final de produção devemos entender a quantidade de produtos disponibilizados ao consumidor final em um determinado intervalo de tempo.
São vários problemas que comprometem a logística no Brasil e, consequentemente, a competitividade e eficiência tanto da indústria nacional (inviabilizando as exportações em alguns casos) quanto das filiais brasileiras de empresas multinacionais.
Os gargalos da logística inclusive já estão computados no chamado "Custo Brasil".
Os fatores e as questões socioambientais somadas às questões comerciais e econômicas apresentam-se latentes nas questões estratégicas das operações o que resulta em investimentos logísti…

20 perguntas mais comuns em uma entrevista de emprego e dicas de como você pode respondê-las para se dar bem em um processo de seleção.

1. Fale sobre você.
Não existe regra. Cada entrevistador tem uma expectativa. No geral, o selecionador quer saber mais sobre a formação acadêmica do candidato, o que ele gosta de fazer (hobby), seus sonhos e expectativas. A orientação é direcionar o discurso para o âmbito profissional.
2. Quais são seus objetivos a curto prazo?
O candidato tem de pensar qual é o seu objetivo antes da entrevista. Só assim vai saber se determinada oportunidade de empregoé interessante para ele. É necessário que o profissional “entreviste” também a empresa e averigue se a proposta é significante para sua carreira.
3. Quais são seus objetivos a longo prazo?
Como em uma relação a dois, é primordial que a pessoa deixe claro quais são seus anseios na vida profissional. Para isso, é preciso ter clareza. O erro da maioria dos candidatos é a passividade, isto é, aceitar uma proposta sem saber o que é relevante para sua trajetória profissional.
4. Como você lida com as pressões do trabalho?
O candidato deve dar …